Home A HISTÓRIA DO CASACA!

A HISTÓRIA DO CASACA!

Em março do ano 2000, inspirado no grito de guerra do Vasco, o torcedor Roberto Cavalcanti criou o site C@saca para publicar seus textos e de outros amigos cruzmaltinos. O C@saca era atualizado diariamente, com notícias e colunas sobre o Vasco.

Um ano depois, o Club de Regatas Vasco da Gama passou a ser atacado covardemente pela Rede Globo e conseqüentemente todos os seus tentáculos (veículos de mídia, políticos, Poder Judiciário, etc). O Vasco não tinha como se defender, e até suas notas oficiais eram boicotadas pela imprensa.

Por ser democrática, a internet era o único canal de comunicação que permitia a existência de uma trincheira para defender o Vasco e informar seus torcedores sobre a verdade dos fatos. Essa trincheira era o site C@saca. Porém, faltava o Vasco conhecer o C@saca.

Naquela época as palavras “site” e “internet” não eram ouvidas dentro de São Januário, apesar do Vasco possuir um site oficial desativado. Diante desse quadro, os integrantes do C@saca resolveram manifestar pessoalmente o apoio à Diretoria do Vasco presidida por Eurico Miranda, e buscar os fatos acerca do clube para poder confrontar com as mentiras e especulações veiculadas na mídia.

Em meados de 2001, o “C@saca” se transformou em “CASACA!”, passou a ser hospedado num provedor particular e ganhou um domínio de fácil memorização na internet, que é o www.casaca.com.br.

O CASACA! passou a fazer uma ampla cobertura dos esportes amadores praticados no Vasco que, apesar das conquistas, não tinham nenhuma divulgação na imprensa tradicional. Dirigentes, técnicos, comissão técnica, atletas e familiares foram aos poucos se apaixonando pelo trabalho do CASACA!.

A aceitação desse trabalho foi tão grande, que a Diretoria do Vasco convidou o CASACA! a se tornar o Site Oficial do Vasco. Mesmo honrada com o convite, a Equipe CASACA! decidiu permanecer apenas com o site de opinião, porém propôs desenvolver um novo Site Oficial do Vasco. E assim aconteceu. Parte da Equipe CASACA! foi designada para a Equipe do Site Oficial do Vasco para construir e administrá-lo (o que ocorreu até junho de 2008).

Focando mais na opinião, o CASACA! seguiu em frente. Porém, seu público era elitista. A massa vascaína, o povão, não tinha acesso à internet. Então, a Equipe CASACA! passou a estudar uma forma de levar o conteúdo do site aos vascaínos menos privilegiados. Foi desenvolvido um projeto de mídia tripla sobre o Vasco, englobando o site CASACA! e as criações de um programa de rádio e de um jornal quinzenal. Infelizmente, o CASACA! não conseguiu patrocínios.

Procurado pela Equipe CASACA! para indicar empresários que pudessem patrocinar o projeto, o presidente Eurico Miranda entendeu que o Vasco realmente precisava desse alcance na massa cruzmaltina, e propôs que o programa de rádio e o jornal quinzenal fossem veículos oficiais do Vasco. Ao aceitar prestar esse serviço ao clube, a Equipe CASACA! teve que modificar um pouco a idéia original do jornal e da rádio para se adaptar à produção dos veículos oficiais do Vasco.

Além disso, como a maioria (quase a totalidade) dos integrantes do CASACA! são amadores, o famoso radialista Sérgio Nogueira foi convidado para conduzir o programa CASACA! no Rádio, que foi ao ar pela primeira vez no dia 4 de novembro de 2002, com uma hora de duração (de 20h às 21h na Rádio Bandeirantes AM 1360 kHz).

O Jornal do CASACA! estreou no dia 18 de janeiro de 2003, junto com o time do Vasco no Campeonato Carioca. Durante a vitória sobre o América por 1×0, mais de três mil vascaínos presentes em São Januário receberam gratuitamente o exemplar do jornal. O jornalista responsável atendia pelo nome de Ubiratan Solino. A diagramação foi feita pelo profissional Marcus Assunção, já que nenhum integrante da Equipe CASACA! tinha condições de assumir a edição gráfica.

No início de 2003, incentivado por leitores do site que gostariam de contribuir financeiramente com o Vasco, o CASACA! lançou o projeto Vascaínos Anônimos Unidos, visando realizar campanhas espontâneas junto à torcida vascaína em prol de necessidades do clube. A primeira campanha foi o aparelhamento do Hotel-Concentração construído dentro de São Januário. A segunda campanha objetivou a reforma da sala de musculação da natação do Vasco. Os depósitos bancários foram feitos numa conta do Club de Regatas Vasco da Gama, exclusiva para o projeto: Banco do Brasil / Agência: 0265-8 (São Cristóvão) / Conta: 8196-5. É bem verdade que o lançamento do Sócio-Torcedor “Sou Mais Vascão” diminuiu a participação da torcida nas campanhas do projeto Vascaínos Anônimos Unidos.

Em setembro de 2003 a Equipe CASACA! promoveu a I COPA CASACA! DE FUTSAL, que contou com a participação de mais de 120 torcedores cruzmaltinos nas quadras de duas sedes do Vasco: Calabouço e Vasco Barra. Os nomes dos 16 times homenagearam ex-jogadores do clube. Em 2004 foi a vez da I COPA CASACA! DE FUTEBOL SOÇAITE, realizada nos campos de grama sintética dentro de São Januário, contando com a participação de mais de 170 torcedores, homenageando outros 16 ex-atletas do Vasco.

Com o passar do tempo, o CASACA! foi ampliando sua forma de colaborar com o Gigante da Colina. Os membros da equipe se associaram ao clube e quem já era sócio há mais de cinco anos foi convidado a integrar as chapas vitoriosas nas eleições para o Conselho Deliberativo. Tais participações permitiram que os casaquistas acompanhassem ainda mais de perto os bastidores cruzmaltinos.

A missão do CASACA! continua sendo a de defender o Vasco da famigerada flapress, e de qualquer um que tente vilipendiar a nossa instituição .

Equipe CASACA!