Início Futebol O que interessa agora é jogar futebol

O que interessa agora é jogar futebol

16

O lateral esquerdo Ramon “cuspiu no prato que comeu”. Sem o Vasco, como disse em vídeo institucional veiculado, não teria tido a oportunidade de figurar no cenário nacional com algum destaque.

Era segundo reserva no Internacional, quando trazido, o clube após o primeiro empréstimo em 2009 movimentou-se para conseguir novo vínculo em 2010 e no ano seguinte saiu no meio do Campeonato Brasileiro, sendo substituído com competência, após outras tentativas dos treinadores da época, pelo volante Jumar, que atuou improvisado naquele setor.

Após sair do Vasco, para a surpresa de alguns, não nossa, passou a falar mal do clube, enquanto atleta do Flamengo e depois do Corínthians. Falou mal da torcida, fundamentalmente aquela que o idolatrava sem sentido nenhum para isso e ficaram registros sobre suas impressões a respeito do clube, seu flamenguismo, etc…

Claro que como todo e qualquer atleta contratado (já tivemos de torcer por Júnior Baiano e, de fato ele nos foi importante, para que passássemos para a final do Campeonato Brasileiro de 2000, com atuação espetacular diante do Cruzeiro em Belo Horizonte) terá nosso integral apoio, mas sem desculpas pelo que fez.

Que venha sem marra e com muito futebol a mostrar, porque de fato é um atleta com qualidades, que entenda ser parte de um grupo e respeite nossa torcida durante todo o tempo no qual estiver vestindo a camisa do Vasco.

Casaca!

16 comentários

  1. Prezados amigos de bancada do Casaca!, não concordo com a contratação do lateral Ramon. Por dois motivos: primeiro, não joga nada. Segundo, nos ofendeu gratuitamente. Não gostei. Ponto.

  2. Não gostei…
    Tanto ele como Marlone, que saíram cagando no pau do Vasco nunca mais deveriam pisar a quinhentos metros de SJ, de preferência ficarem parados vendendo biscoito Globo na Av.Brasil.
    Poderia ser oNilton Santos, seu caráter não cabe no Vasco

  3. Com todo respeito: essa contratação é inadmissível.
    Primeiro: jogador seguidamente faltou respeito com o clube, com declarações bem pesadas.
    Segundo: não joga nada.

  4. Que aprendam a fazer oposição,o Vasco está acima de tudo,o que teria a ver o casaca ou a atual diretoria com as declarações do Ramom no passado?Se fôssemos olhar só pelo lado profissional e fôssemos uns vascaínos de merda e de ocasião,não teríamos nada com isso,o atleta seria contratado se apresentaria normalmente ao treinador e começaria a treinar,correto?Para nós não.O Atleta teve passagem pelo Vasco no período de 2009 e parte de 2010 e mesmo sendo oposição a gestão anterior e não ao Vasco,como vascaínos nos sentimos atingidos pelas declarações do jogador e acima de tudo a instituição.Hoje após sete anos o mesmo retorna ao clube,que o atleta esteja ciente de que receberá nosso apoio incondicional por estar vestindo a camisa do Vasco,mas saiba que nossa paciência também será menor,e aqueles que são contra a atual diretoria,que pensam de forma diferente,e tem seus direitos num estado democrático, que aprendam a fazer oposição,e saibam separar o ódio do sentimento maior que é o Vasco.Excelente nota do casaca!

  5. Agora que o Henrique vem se firmando… Meu Deus, que ideia mais infeliz a volta desse cidadão. Só dá pra entender se for alguma “compensação” pelo Anderson Martins. Aliás, como tá demorando o único anúncio de contratação que realmente importa no momento…

  6. Leandro Passos, não faço oposição ao Vasco. Sou Vascaíno! Nas vitórias e nas derrotas. Agora, não vou negar, a contratação do lateral Ramon foi um soco no estômago dos Vascaínos. Ele tripudiou a nossa camisa. Zombou do nosso escudo. Suas palavras ainda estão vivas na memória dos torcedores do Gigante. Ele foi contratado. Fato. Direito meu de não ter gostado.

    • Luciano concordo com vc,se me perguntar se contrataria,eu te responderia que não,mas já que foi contratado,temos que apoiar.Tem alguns jogadores hoje que na minha opinião não deveriam estar no Vasco,mas já que foram contratados e estão vestindo a nossa camisa deveríamos apoiar,essa é a minha opinião.

  7. Prezados Casaquistas,

    Este lateral esquerdo Ramon tem um puta desafio (e não tem outra alternativa): Ou joga tudo aquilo que nunca jogou na vida, tornando-se um craque da lateral esquerda e solucionando os problemas daquela avenida ali OU será sumariamente perseguido pela torcida, irá virar banco definitivamente se apresentar um futebol preguiçoso, lento, com muitos passes errados.
    Não tem outra alternativa.
    Falou um monte do Vasco quando saiu, denegrindo instituição, clube, torcida, etc. Agora vem com essa de “casa que me projetou”. Na minha casa, ninguém fala mal, não!
    “Claro que como todo e qualquer atleta contratado… terá nosso integral apoio, mas sem desculpas pelo que fez.” – É isso, sem mais nem menos.
    Saudações Vascaínas!

  8. SE ELE JOGAR O QUE JOGOU EM 2011 QUANDO FOMOS CAMPEÕES DA COPA DO BRASIL ESTÁ ÓTIMO. NÃO ESTOU NEM AÍ DO QUE DISSE NO PASSADO; EDMUNDO FEZ A MESMA COISA E O ROMÁRIO TAMBÉM.

  9. Sei o quanto ele pisou na bola, mas por causa dessa Legislação Esportiva chamado de Lei Pelé, um jogador de futebol profissional pode sair a hora de quiser, e se ele voltou por baixo a nossa Instituição, é porque ele não é tudo isso que a mídia esportiva podre falavam dele quando atuou por outros clubes pelo Brasil afora.

    Veio ao clube, com toda certeza a custo zero, e vai receber pouco ou por produção, e se ele se destacar as coisas irão melhorar pra os dois lados é portanto uma APOSTA, e como o mundo vive dando voltas!

    E não é questão dele agradar ou não pessoalmente a mim, mas se ele vem pra somar ao grupo e se encaixar na filosofia do nosso clube, e dever ter sentido a NÍTIDA diferença no tratamento entre as diretorias anterior e o ATUAL!

  10. Amor à algum clube nos tempos atuais do futebol não existe. Nem no Vasco , nem em qualquer outro clube. O que importa é ele jogar bola , isso é o que importa.

  11. Jogar contra o Flamengo é uma partida que todo jogador quer jogar. É a oportunidade de mostrar o seu futebol. Contra o Flamengo temos que nos valer de tudo. Nem que tenhamos que jogar dopados. Nem que tenha de jogar de muletas. Quem não puder dar 110% tem que pedir para não jogar. Para nós é final de Copa do Mundo e temos que deixar o pulmão em campo!
    Temos uma semana para montar nossa estratégia para esta partida dificil.

Responder