Início Futebol - Categorias de Base Sub 15 vence o Botafogo

Sub 15 vence o Botafogo

Na primeira das duas prévias da decisão da Taça Rio, o Vasco da Gama levou a melhor sobre o Botafogo na manhã deste sábado (15/04). Jogando no CEFAT, em Niterói, o Gigante da Colina venceu o Alvinegro por 2 a 1 em jogo válido pelo Campeonato Carioca sub-15. Com o resultado, o Cruzmaltino chegou aos 13 pontos e se manteve na segunda colocação da Taça Guanabara, o primeiro turno do torneio. Os gols foram marcados por Matheus Lima e Gregório.

O JOGO

Atuando dentro de seus domínios, o Botafogo tomou a iniciativa no começo da etapa inicial. Aos 10 minutos, a primeira boa chance do Alvinegro. Vinícius foi lançado e ficou cara a cara com Ícaro, mas não conseguiu vencer o arqueiro vascaíno, que se atirou em cima da bola e fez uma grande defesa. O Gigante da Colina equilibrou a partida e passou a ter mais posse de bola, mas apenas aos 24 conseguiu levar perigo. Na ocasião, Talles cruzou e Matheus Lima cabeceou por cima da meta.

O Almirante desperdiçou uma nova chance quatro minutos depois, quando Talles recebeu de André Loiola, limpou a marcação e chutou rente à trave. O Botafogo não se abalou com as chegadas cruzmaltinas. Logo na sequência, Nelson ficou na cara do gol após boa trama ofensiva, mas acabou chutando para fora. O clássico seguiu movimentado, com boas oportunidades para os dois lados. As redes, entretanto, só foram balançadas aos 37 minutos, quando Matheus Lima converteu um pênalti sofrido por André Loiola: VASCO 1 x 0.

Em desvantagem, o Alvinegro retornou do intervalo disposto a reverter o prejuízo e só não empatou nos primeiros minutos devido a uma grande intervenção de Ícaro, que espalmou para escanteio após cobrança de falta de Russo. O lance serviu para acordar o Vasco, que passou a colocar a bola no chão e a administrar o resultado. Aos 19, Talles ficou na cara do gol, mas finalizou em cima do goleiro. No rebote, Arthur Salles recuperou, devolveu para o camisa 9 e o viu servir Gregório, que saiu para o abraço após certeiro arremate da entrada da grande área: VASCO 2 x 0.

O ritmo da partida diminuiu depois do segundo tento vascaíno. A equipe de São Januário chegou a levar perigo com Arthur Salles, aos 26 minutos, mas foi o Botafogo que mais assustou no decorrer da etapa inicial. O Alvinegro diminuiu a vantagem do Gigante da Colina aos 35, através de um pênalti bem cobrado por Russo, e pressionou nos derradeiros momentos do clássico, mas não conseguiu igualar o placar. No fim, triunfo e festa cruzmaltina no CEFAT, em Niterói: Botafogo 1 x 2 Vasco.

Escalação do Vasco: Ícaro, Edvélton, Yulle, Adson e Riquelme; Azevedo (Gregório), João Vitor Souza (Vicente), Matheus Lima (Juan Batata), Arthur Salles e André Loiola (Ryan); Talles Magno (Borsatto). Treinador: Bruno Almada.

Fonte: Site Oficial (foto: Carlos Gregório Júnior)

Sem comentários

Responder