Na véspera da importante partida contra o Universidad Concepción, pela segunda fase da Conmebol Libertadores, o Vasco da Gama fez bonito diante dos seus torcedores em São Januário. Na tarde deste domingo (04/02), o Gigante da Colina apresentou um bom futebol e venceu o Volta Redonda pelo placar de 2 a 0. Os gols da triunfo cruzmaltino foram marcados por Thiago Galhardo e Rildo. 

Devido ao resultado das outras partidas do Grupo B, a vitória não garantiu a classificação para a semifinal da Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca. O Cruzmaltino, porém, atingiu o seu principal objetivo na partida diante do Alvirrubro: poupar os titulares e dar ritmo de jogo aos atletas que não participaram do duelo contra os chilenos em Concepción.

O JOGO

image
Andrey fez uma grande apresentação na etapa inicial

Empurrado por sua torcida, que estreou em São Januário na temporada 2018, o Vasco teve um início avassalador. Logo aos 18 segundos, Thiago Galhardo se aproveitou de um erro na saída de bola do Volta Redonda, invandiu a área e tocou por cima de Douglas Borges para abrir o placar: VASCO 1 x 0. A vantagem por pouco não foi ampliada no minuto seguinte. Na ocasião, Thiago Galhardo recebeu de Andrey e deixou Caio Monteiro na cara do gol. O prata da casa, porém, acabou finalizando em cima do goleiro.

Em desvantagem no marcador, o Volta Redonda foi em busca do empate, mas não conseguiu levar muito perigo para a meta defendida por Martín Silva. O Cruzmaltino, por sua vez, voltou a assustar em arremate de longe de Andrey. Seguro em campo, o Gigante da Colina chegou ao segundo gol com 16 minutos. Após receber passe de Andrey, Rildo cruzou a bola na direção da pequena área e viu Bruno Costa desviar contra o próprio patrimônio, tirando assim todas as chances de defesa de Douglas Borges: VASCO 2 x 0.

image
Caio Monteiro obrigou o goleiro a fazer boa defesa no primeiro tempo

A folga construída no placar não fez o Cruzmaltino relaxar. Quando o cronômetro marcava 20 minutos, Riascos recebeu um passe açucarado de Andrey e cruzou na medida para Rildo, que testou com força para grande intervenção de Douglas Borges. A equipe de São Januário seguiu pressionando, principalmente com Riascos. O atacante colombiano teve pelo menos duas grandes oportunidades para aumentar a vantagem vascaína no marcador. Numa delas, o xodó da torcida fez tudo certo, mas acabou parando no goleiro.

No segundo tempo, o ritmo da partida diminuiu. Poucas foram as chances de gol nos primeiros 20 minutos. A partida só voltou a esquentar de fato após o tempo técnico, quando Zé Ricardo promoveu a entrada de Bruno Cosendey no lugar de Bruno Paulista. O destaque da equipe sub-20 campeã estadual no ano passado não demorou muito para mostrar serviço. Aos 27, o jovem recebeu de Thiago Galhardo e acertou um belo chute no ângulo esquerdo, anotando assim o seu primeiro gol como profissional: VASCO 3 x 0.

image
Bruno Cosendey balançou as redes pela primeira vez- Fotos: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

No lance seguinte, porém, o Volta Redonda diminuiu o placar. Dija Baiano recebeu de Luiz Paulo, escapou pela esquerda e cruzou com perfeição para Marcelo balançar as redes: Volta Redonda 1 x 3. Após o tento do Voltaço, o comandante cruzmaltino colocou em campo Hugo Borges, artilheiro do clube na última edição da Copa São Paulo. Ao lado de Paulo Vitor e Caio Monteiro, o estreante tentou transformar o confortável placar em goleada, mas não conseguiu vencer o goleiro adversário.

FICHA TÉCNICA 

VASCO DA GAMA 3 X 1 VOLTA REDONDA
Campeonato Carioca 2018- Taça Guanabara- 5ª rodada
 
Local: Estádio de São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data: 04 de fevereiro de 2018 (domingo)
Horário: 17h00 (de Brasília)  
Árbitro: Pathrice Wallace Correa Maia (RJ)
Auxiliares: Wagner de Almeida Santos (RJ) e Marcus Vinicius Machado Araújo Brandão (RJ)
Gols: Thiago Galhardo (26s/1T, Vasco da Gama), Rildo (16/1T, Vasco da Gama), Bruno Cosendey (27/2T, Vasco da Gama) e Marcelo (28/2T, Volta Redonda)
Cartões amarelos: Luis Gustavo (Bangu)
 
VASCO DA GAMA: Martín Silva, Rafael Galhardo, Werley, Paulão e Fabrício; Bruno Paulista (Bruno Cosendey), Andrey e Thiago Galhardo; Caio Monteiro, Rildo (Hugo Borges) e Riascos (Paulo Vitor). Técnico: Zé Ricardo.
 
VOLTA REDONDA: Douglas Borges, Luis Gustavo, Bruno Costa, Gilberto e Luiz Paulo; Bruno Barra, Marcelo, Rafael Granja (Luã Lucio) e Jorge Luiz (Pablo); Dija Baiano e Anselmo (André Duarte). Técnico: Felipe Surian.
 
Fonte: Site oficial

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.