Home Notícias

0
 

UMA PERÍCIA QUE NÃO SABE DIFERENCIAR PAGANTE DE NÃO PAGANTE. UMA TV QUE NÃO SABE APURAR

Mais uma vez a Rede Globo apresenta uma reportagem baseada em informações erradas para tentar influenciar a opinião pública. A reportagem apresentada na edição do RJ TV desta terça-feira mostra, na verdade, a fragilidade da perícia ao afirmar que entre sócios que gravaram  vídeos enviados à Justiça , o Vasco não teria apresentado os documentos contábeis de cinco deles. Acontece que os cinco sócios são das categorias Campeão e Benfeitor Remido, que não são pagantes.

Bastaria que o perito tivesse conhecimento do Estatuto do Vasco ou que, numa perícia completa, um assistente informasse o erro de interpretação. E também bastaria à TV Globo que procurasse o Vasco não quinze minutos antes da reportagem ir ao ar, quando não há mais tempo para esclarecer a verdade.
 
O que se vê a cada dia é a queda das afirmações levianas lançadas: todos os sócios têm suas fichas de inscrição apresentadas com as respectivas assinaturas e o balanço do Vasco mostra receitas compatíveis com o total de associados.
 
A TV Globo quer agora anular os votos de não pagantes por falta de pagamento com base numa perícia inconclusiva? Se for assim seria preciso anular o direito de 6015 sócios das diversas categorias não pagantes. Todos sem comprovantes de pagamento porque, obviamente, não pagam.
 
Fonte: Site oficial

4

 

Reunião do Conselho Deliberativo do Vasco para análise das contas de 2016.

Antes do início da discussão, o Presidente do Conselho propõe uma moção de congratulações aos jogadores, comissão técnica, extensiva ao departamento de futebol do clube e sua Diretoria Administrativa, pela classificação à Libertadores em meio a tantas dificuldades.

Parte da oposição vota contra.

Moral da história: autocarimbo nas testas de que a torcida pela derrota e a sabotagem foram fortes. Secaram, sabotaram, mas não deu.

As contas de 2016? Foram aprovadas, obrigado, apesar do Otto, aquele que foi sem nunca ter sido.

CASACA!

4

 Cerca de 200 sócios demonstram em video discriminação por voto em separado

Cerca de 200 sócios do Vasco da Gama que foram obrigados a votar em separado, na urna 7, gravaram um video, exigindo legitimidade das eleições do dia 7 de novembro em São Januário.

Essa semana, a Justiça vai decidir sobre a polêmica. O diretor jurídico do clube, Dr. Leonardo Rodrigues fala sobre as últimas matérias da imprensa sobre irregularidades no pleito.

Ouça:

Veja:

http://www.vasco.com.br/site/noticia/detalhe/16161

Fonte: Site da Super Rádio Tupi

4

 

Esta é apenas uma amostra dos quase 200 vídeos que chegaram a nós. São sócios que votaram na urna 7 e defendem seu direito ao voto. Quem não deve não teme.

Fonte: Site oficial

2
 
O Vasco da Gama é maior. A paixão que nos move vai além do futebol. Orgulhamo-nos dos ideais de igualdade que fazem parte de sua honrosa história e dos pilares da democracia que a nossa instituição centenária trouxe ao futebol. Motiva-nos poder restituir a esse clube a grandeza de outrora. 
 
Já avançamos nesse caminho. O Vasco da Gama na Libertadores é apenas parte dessa reconstrução. Mas é fundamental que nos preparemos agora com força para a campanha do time no campeonato continental que iremos disputar no próximo ano – e para o qual nos classificamos com garra, sim, mas acima de tudo graças a um trabalho criterioso.
 
A Libertadores da América é um campeonato dificílimo, mas extremamente importante para os clubes, tanto esportiva quanto financeiramente. No entanto, todos os sinais são de que há interesses contrários agindo por fora para dificultar esse planejamento. Colocando obstáculos e emperrando a engrenagem complexa que é a administração de um clube de futebol, nos dias de hoje, em meio à maior crise econômica da história brasileira.
 
É compreensível que muitos queiram estar à frente dessa instituição. É legítimo. Mas não podemos permitir que, nessa empreitada, as pessoas se coloquem acima do Vasco, a ponto de trabalhar por sua derrota e descrédito a fim de atender a interesses pessoais e eleitoreiros.
 
As notícias, divulgadas em carta pública do presidente Eurico Miranda, de que parceiros estão sendo procurados por grupos que querem atrapalhar negociações em andamento são graves. E é estarrecedor tudo o que está sendo feito para tentar ofuscar nosso caminho.
 
Por isso nós, aqui nesta carta-manifesto, pedimos que todos os que estão a favor do Vasco da Gama cessem as investidas covardes e injustas. Parem de ativar o ódio através de redes sociais. Que permitam à Justiça avaliar com critério e cautela os fatos sub judice, para que a paz volte a reinar na Colina. Somente em um ambiente de tranquilidade e firmeza moral poderemos dar seguimento à restituição da grandeza que o define, não por acaso, como O Gigante.
 
Nós, grande beneméritos, beneméritos, conselheiros e sócios em geral subscrevemos este manifesto. 
 
– Luis Manuel Rebelo Fernandes 
– Nelson de Souza
– Silvio Godoi
– Antonio Porphirio
– Paulo Martins Pereira
– Antonio Carlos Vilela
– Antonio Peralta
– Antonio Lopes Caetano Lourenço
– Sergio Martins Frias
– Henrique Serra
– Bernardo Egas Lima
– José Carlos A. Carvalho
– Rafael Landa Montenegro
– Gilberto Pinto
– Márcio Ceda
– Marcos Pereira de Carvalho
– André Luiz Afonso 
– Antonio Carlos Vilela
– Bernardo Egas Lima
– Leonardo Rodrigues
– Marco Antonio Monteiro
– Flavio Carvalho 
– Henrique Hubner
– Jaime Nobre Baptista
– Denis Carrega Dias
– João Carlos Nóbrega
– José Dolabela Portela
– Guilherme Loureiro N. Baptista
– Fernando Portela de Lima
– Antonio Pereira Nogueira
– Walter Ramos
– Francisco Vilanova
– Blaino Rogério
– José Joaquim Cardoso Lima
– Anibal Mendonça Gonçalves
– José Mourao Gonçalves
– Amancio Cezar
– Angelo Leite Horto
– Adriano Moreira
– Adão Ribeiro dos Santos
– Avelino Maia Ferreira
– Egas Manoel Fonseca
– Germano Francisco Monteiro
– Gilson Honório Ferreira
– Jorge José de Jesus Curty
– Jorge Manoel M. Reis Costa
– José Fernando da Rocha
– José Luiz Mano
– Manuel Bernardo S. Silva
– Manuel de Figueiredo Cardão
– Osório Vieira Barbosa
– Salazar Silva dos Santos
– Ricardo Pereira Vasconcelos
– Paulo Sergio Mendes Aguillar
– Alberto Derós Baptestini
– Alberto Pereira dos Santos
– Alexandre A. Germano Bittencourt
– Daniel Giglio Cerqueira
– Carlos Fernando F. Santos
– Carlos Alberto Mendes de Carvalho
– Francisco Manuel de Carvalho
– Francisco Alexandre B. Paes Leme
– Fernando Vieira Barbosa
– Emmanoel Ursulino de França Filho
– Jaime Rodrigues de da Custodia
– Gilmar de Freitas  Heredia
– Horacio Gilberto Cortinhas Neto
– José Carlos  da Cruz Pereira
– Manuel Gomes Barbosa
– Marcio Celso Cerdeira Pedro
– Mauro Pires Ribeiro 
– Mario Pinto
– Raimundo Manoel Santos Cruz
– Rogerio dos Santos Abreu
– Nilton Barbosa dos Santos
– Ney Moreira da Fonseca
– Carlos Alberto Valadares
– Albano Paiva e Sá
– Henrique Gomes da Silva
 
Fonte: Site oficial

20
 
A Rede Globo de Televisão, requentando matéria feita anteriormente com o mesmo personagem, que até então escondia o rosto, volta à pauta jactando-se descobridora de um suposto esquema fraudulento. Talvez na ânsia de influenciar o Judiciário, às vésperas de uma decisão acerca da liminar reivindicada pelo Grupo que parece atender a seus interesses pessoais e comerciais, os envolvidos acabaram descurando-se das cautelas inerentes ao bom jornalismo.
 
Se tivessem tido o cuidado necessário, os “investigadores” responsáveis pela matéria teriam tomado conhecimento que o Sr. Otávio dos Santos Pires, vulgo “Tatá da Granja”, foi alvo de notícia crime (desde o dia 22/11/2017) por parte do Vasco em virtude do falso testemunho que prestou à autoridade policial, irresponsavelmente reproduzido nesta requentada reportagem. Conforme depreende-se da notícia crime abaixo reproduzida, o Sr. “Tatá da Granja” mentiu despudoradamente à autoridade policial. E inconsequente que é, imbuído em seus espúrios objetivos, não esquivou-se de voltar a participar de nova matéria da Rede Globo a respeito do assunto, afinal, segundo o próprio, ficará “com muita moral” no Clube sob a gestão do Sr. Julio Brant, que à todo custo tentam emplacar a despeito da vontade das urnas.
 
Não bastasse a incúria investigativa dos “investigadores” globais, chama a atenção o silêncio/omissão acerca da notícia crime acima referida, cuja cópia foi pessoalmente entregue aos repórteres “autores” da matéria durante a cobertura da resposta do Presidente do Vasco (convenientemente editada pela emissora). Além da notícia crime junto à delegacia, foram fornecidos também documentos demonstrando que depoimentos como o de “Tatá da Granja” foram frutos de ações espúrias e ilegais do Sr. Alan Belaciano, advogado de Júlio Brant, que incessantemente busca induzir e cooptar pessoas em favor de seu aliado político.
 
As suspeitas de que esses depoimentos não passam de expediente ilegal engendrado por membros de um grupo político podem ser facilmente confirmadas e, portanto, sequer deveriam gozar de credibilidade mínima a abalizar matérias como as que até aqui se reproduziu.

image

image

image

image

image

image

image

Fonte: Site oficial
 

15

 

Ao contrário do noticiado pelo Jornal Extra, o Vasco não pretende impedir perícia alguma. O que o Vasco reivindica, por meio de mandado de segurança, é que a perícia técnica não seja simplificada, mas completa, que analise ampla e detalhadamente a questão, sem os atropelos em série até aqui perpetrados. Afinal, como bem demonstrado no mandado de segurança, urgência não é atropelo, especialmente quando a urgência foi criada pela parte contrária, que a invoca valendo-se da própria torpeza.

Fonte: Site oficial

CASACA! NO RÁDIO

0
Ouça a íntegra do programa CASACA! no Rádio de 04/12/2017 com participação de Sérgio Frias, Rodrigo Alonso e Iury Gaspar.