Home Notícias

6
A noite foi feliz para o Vasco da Gama no Maracanã. Com gol de Nenê, o Gigante da Colina bateu o Botafogo e se aproximou ainda mais da zona de classificação para a Taça Libertadores da América se 2018. Ao término do clássico, o presidente Eurico Miranda fez um breve pronunciamento para a imprensa e exaltou o comprometimento de todo o grupo de trabalho com o Cruzmaltino.
 
– Eu estou aqui para falar só duas coisinhas, até porque a coletiva é com o Zé Ricardo, não comigo. Em primeiro lugar, eu vim fazer uma agradecimento público aos jogadores e aos membros da comissão técnica, o treinador e os demais profissionais, pelo empenho demonstrado. A outra é para fazer um comunicado: o jogo entre Vasco e Coritiba será aqui no Maracanã – afirmou o presidente Eurico Miranda.
 
Quem também conversou com os jornalistas foi o treinador Zé Ricardo. O comandante não escondeu a satisfação com ao falar sobre o resultado positivo conquistado pelo Vasco da Gama no Maracanã. Contratado pelo Almirante no final de agosto, o profissional fez questão de exaltar a vontade de vencer demonstrada por seus comandados ao longo dos noventa minutos diante do Alvinegro.
 
– Foi um resultado fundamental para nós. Gostei bastante da postura do nosso time até os 15 primeiros minutos. A ideia realmente começar o jogo tentando marcar forte a equipe do Botafogo, para depois fazer uma marcação um pouco mais baixa. O problema é que quando a gente abaixou, acabamos entregando muito espaço na primeira e na segunda linha, deixando a linha defensiva muito exposta. O Botafogo foi superior no decorrer do primeiro tempo, mas corrigimos no intervalo. O que marcou esse jogo foi o empenho do nosso grupo, que desde o início, incluindo a preleçao e o aquecimento, estava muito mobilizado para fazer uma grande partida – declarou Zé Ricardo, ressaltando ainda a importância de uma sequência de triunfos numa competição equilibrada como o Brasileirão.

 
image
Zé Ricardo orienta jogadores no clássico no Maracanã- Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

– Sabíamos que o jogo de seria bastante difícil. Qualquer vitória dentro do Campeonato Brasileiro é importante, uma sequência de vitórias então, joga qualquer equipe para cima. Com a gente não foi diferente. Agora temos que tentar manter o ritmo. É muito difícil, pois todos os jogos possuem um grau grande de dificuldade muito grande, ainda mais agora que a competição está chegando na sua reta final. As duas vitórias que conquistamos foram justas. Se a gente não tivesse demonstrado o empenho que demonstramos hoje, certamente sairíamos daqui derrotados, pois a equipe do Botafogo fez jogos notáveis esse ano e sabíamos que o resultado positivo só viria com um grau de sacríficio – concluiu.

 
Fonte: Site oficial

1
O Vasco da Gama recebeu a Chapecoense, neste sábado (29/09), em partida válida pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. O duelo terminou empatado, em 1 a 1, e o gol cruzmaltino foi marcado por Andrés Ríos. Ao fim do jogo, o técnico Zé Ricardo concedeu entrevista coletiva e fez uma análise sobre a atuação do Gigante da Colina. 
 
– Lamento porque fizemos uma partida melhor do que a que tivemos na rodada passada, contra o Sport. Criamos diversas oportunidades, tivemos chances de vencer com tranquilidade. Após sofrer o gol, aumenta a pressão, jogando diante de um adversário que está próximo a nós na tabela. Infelizmente, o futebol é assim. Fica a lamentação pelo empate. Tenho certeza que jogamos para vencer e vencer bem a partida de hoje – disse o treinador.
 
O calendário terá uma parada, por conta das Eliminatórias da Copa do Mundo. O treinador vascaíno, que destacou a evolução da equipe, espera aproveitar o período para trabalhar forte para a sequência da competição.
 
– A gente sai de São Januário chateado hoje, mas entendendo que o campeonato é muito difícil, a cada rodada temos resultados que mostram isso. Hoje entendemos que merecíamos a vitória. Agora é esperar pra ver o que vai acontecer nos próximos jogos, mas o mais importante é manter o equilíbrio. O ponto importante é que a equipe se apresentou melhor do que na última partida. A expectativa é continuar nesse crescimento para atuar cada vez melhor. Vamos trabalhar muito nesses dez dias, para voltar mais fortes – frisou.
 
Após o resultado desta rodada, o Vasco se manteve na nona posição na classificação, com 33 pontos somados. O Gigante da Colina retorna aos gramados no dia 11 de outubro, às 21h45, para enfrentar o Avaí. A partida será disputada no Estádio da Ressacada, em Florianópolis.
 
Fonte: Site CRVG

5

 

Durante a primeira hora do Show do Apolinho, Washington Rodrigues foi surpreendido ao receber o telefonema do presidente do Vasco, Eurico Miranda. Em tom de brincadeira, Eurico parabenizou o apresentador pelo vice-campeonato do Flamengo na Copa do Brasil. 

Além disso, o presidente do cruzmaltino confirmou São Januário como o provável local de disputa para o clássico entre Vasco e Botafogo. Caso contrário, buscará alternativas no Maracanã. 

Ouça na íntegra:

Eurico Miranda: Como vai, amigo? Vai bem? Quero te dar meus efusivos parabéns. 

Apolinho: Te agradeço, mas meu aniversário foi no dia 1 de setembro. Estamos chegando no fim do mês, está atrasado. 

Eurico Miranda: Mas não é pelo seu aniversário. Quero te dar os parabéns por essa brilhante conquista de mais um vice-campeonato. 

Apolinho: Ah! Você está de sacanagem. 

Eurico Miranda: Não é sacanagem. É uma coisa que eu tenho a obrigação de fazer com você. Como não vou te dar parabéns? Você conquista o vice-campeonato e eu não te dou parabéns? Então, é parabéns efusivos. 

Apolinho: Olha o efeito boomerang. Quando você for vice, vou ligar para ti. 

Eurico Miranda: Liguei exclusivamente para isso. Repetidamente: efusivamente parabéns. 

Apolinho: Tudo bem (aos risos). Agora, onde é que vai ser Vasco e Botafogo? 

Eurico Miranda: Vamos ver o que vai acontecer e como se desenrolam. Se estiver tudo de acordo, será em São Januário, porém, se tiver qualquer tipo de problema, logística, expectativa de público, enfim, posso levar para o Maracanã. 

Apolinho: E fora do Rio? 

Eurico Miranda: Fora do Rio nenhuma condição. 

Fonte: Site da Tupi

7
A equipe do Vasco da Gama enfrentou o Sport, nesta segunda-feira (25/09), em partida válida pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. O duelo, disputado na Ilha do Retiro, terminou empatado em 1 a 1. O técnico Zé Ricardo avaliou a atuação cruzmaltina e frisou a importância de virar a página para o próximo compromisso na competição, diante da Chapecoense, neste sábado (29).
 
– Não fizemos uma partida da maneira que esperávamos. Sabíamos da pressão inicial, jogando na casa do adversário, e cometemos erros no primeiro tempo. No segundo, a ansiedade em fazer mais um gol acabou nos prejudicando um pouco. Com isso, o Sport acabou tendo mais tempo de bola – disse o treinador, que completou.
 
– Temos impor nosso ritmo dentro de casa. Precisamos desses pontos e teremos quatro dias de preparação para a partida contra a Chapecoense. Vamos trabalhar bastante e esperamos ver um Vasco diferente do que vimos hoje – afirmou.
 
Em relação a correção do pênalti marcado de maneira equivocada, em um lance envolvendo o zagueiro Anderson Martins, o comandante destacou a decisão correta tomada pela arbitragem.
 
– De onde a gente estava realmente é longe do lance. Assistindo depois, podemos afirmar que não foi pênalti. A bola realmente bateu no ombro do Anderson Martins. Ainda bem que foi corrigida a marcação, ou seria mais um erro no Campeonato Brasileiro – finalizou.
 
Fonte: Site CRVG

3
A partida entre Vasco e Corinthians, neste domingo (17/09), pelo Campeonato Brasileiro, foi decidida por um lance irregular. Isso porque o único gol do duelo foi marcado com o braço, pelo atacante Jô. Prejudicado pelo erro de arbitragem, o Gigante da Colina deixou o gramado sem pontuar. Após o apito final, o vice-presidente de futebol Eurico Brandão Miranda questionou o posicionamento das autoridades da federação local e criticou a ausência de atitudes louváveis no futebol brasileiro.
 
– Desci dos camarotes dez minutos antes do fim do jogo, como a partida estava sendo definida por um lance absurdo, me direcionei ao local no intuito de controlar os ânimos e evitar que, no calor das emoções, os atletas falassem algo que pudesse prejudica-los. Sendo assim, esperei ali na zona mista quando, infelizmente, fui extremamente maltratado pela segurança do Corinthians e pela Federação Paulista de Futebol, que deve colocar os seguranças para trabalhar no jogo em favor do futebol, não em favor do clube local. Mas o que estamos vendo é que se cultua o errado, o contrário. O clube visitante tem os mesmos direitos que o clube local, durante uma partida, mas o que aconteceu aqui não foi isso. O Vasco foi extremamente bem tratado pelo adversário, mas maltratado pela federação local, que parece estar servindo o Corinthians. Seguranças querendo fazer anotações para entregar para o árbitro, o que é isso? – disse o dirigente vascaíno, que completou.
 
– É humanamente impossível se resistir a isso. O que a gente está passando para a sociedade, e o que passa para os nossos filhos, é um mau exemplo. O Rodrigo Caio, que teve o Fair Play, lá atrás, está brigando para não cair. O jogador do Corinthians, que faz um gol de mão descaradamente, vai ser o campeão. Esse é o exemplo que o Brasil passa e que o futebol brasileiro está passando. É simples. A federação local trabalhando para a equipe, o time que faz um gol de mão e eles estão lá, tudo ótimo. Entrega logo a taça. Para que disputar? Para que competir? Para que ficar uma semana inteira trabalhando e se doando, para chegar aqui e acontecer isso? É justo? – questionou Eurico Brandão Miranda, que foi enfático ao mencionar erros de arbitragem contra o Gigante da Colina no decorrer da competição.
 
– O exemplo que se passou hoje, para as crianças que estavam assistindo em casa, é que o Fair Play não vale a pena. Mostrou que quem tem Fair Play não vence no futebol. Já assistimos jogadores dizendo que ganhar roubado é mais gostoso e vocês sabem disso. É esse tipo de coisa que perpetua no futebol. Alguns jogadores do Corinthians saíram de campo envergonhados. Eles mesmos estavam dizendo que foi gol de mão. Espero que se puna e que se cobre de um árbitro, que está a dois metros de lance, e não vê um gol de mão. Eles têm visão supersônica contra o Vasco. Quando é a favor do Vasco ninguém vê nada. Não tem um jogo com lance polêmico a favor do Vasco, mas tenho vinte contra. Errar é para os dois lados. Só para um lado sempre? Ninguém questiona isso? É difícil.
 
O vice-presidente de futebol do time da São Januário lembrou o caso de Fair Play do zagueiro Rodrigo Caio, que envolveu diretamente o adversário em questão. Eurico Brandão ainda lamentou que bons exemplos não sejam dados dentro das quatro linhas.
 
– Se o Corinthians quer demonstrar realmente o que aconteceu, ali está tudo filmado. Depois de um tempo a gente se excede, começa a brigar e discutir. Mas precisamos ver a origem dos fatos, como aconteceu, o que levou a isso. Minha ideia inicial era nem deixar o Zé Ricardo dar entrevista, porque agora a gente dá entrevista com medo do que pode acontecer. Você não pode falar de ninguém, reclamar de ninguém. Quem fala é julgado, mas quem comete os atos e os erros não é julgado. Isso é inadmissível e incompreensível. Quem reclama vai a julgamento, e quem erra? E quem prejudica o trabalho de dezenas de pessoas? O que acontece? Nada. Está aí o tão falado Fair Play do futebol. Infelizmente, quem tem Fair Play no futebol não vence – finalizou.
 
Fonte: Site oficial

0
Prejudicado por um lance irregular que definidiu o rumo da partida, o Vasco da Gama deixou o gramado da Arena Corinthians, neste domingo (17/09). O Gigante da Colina foi superado pela equipe paulista após um gol marcado pelo atacante Jô, com o auxílio do braço direito. Deixando de lado o erro que ocasionou a derrota, o técnico Zé Ricardo enalteceu a postura do time durante o duelo.
 
– Dentro das circunstâncias, pelo momento das duas equipes, o resultado em si poderia até acontecer, mas ficamos chateados pela forma que foi. Fizemos uma grande partida e enalteço muito a dedicação dos nossos atletas, brigamos até o final. Poderíamos e deveríamos sair com um resultado melhor daqui. O fato é que foi um grande jogo. Quem acompanhou a partida deve ter o mesmo sentimento que eu tive – analisou.
 
O comandante vascaíno evitou se apoiar no erro de arbitragem para analisar a partida feita pela equipe cruzmaltina, mas utilizou o exemplo de um jogo do Campeonato Italiano, realizado na manhã deste domingo (17), para questionar e sugerir uma mudança que colocaria fim nas ações que definiram o placar final.
 
– O Corinthians poderia até ter vencido a gente por 1 a 0, com outros lances que também criou, assim como nós também criamos. O fato é que o gol foi irregular. O engraçado é que hoje pela manhã, assistindo o Campeonato Italiano, o jogo entre Udinese e Milan, com dez minutos de partida a Udinese abriu 1 a 0, mas foi detectada uma irregularidade. Em 30 segundos o lance foi resolvido. Os jogadores do Milan pediram, o árbitro sinalizou o vídeo e em 30 segundos, sem nenhum tipo de polêmica, o gol foi anulado. Hoje contamos com árbitro de linha, bandeira, e a gente acaba sofrendo o gol. Eu percebi que o gol tinha sido irregular antes de qualquer comentário, porque a reação do bandeira ao não correr para o meio me chamou atenção. É normal que o bandeira corra para o meio. O Elmo foi andando para o meio, parece que não queria escutar, enfim. É mais um jogo do Corinthians que ele trabalha nesse campeonato e o Corinthians, por coincidência, não havia vencido os outros jogos. Não sei se ele estava pressionado com isso. O fato é que perdemos com lance irregular, sem tirar nenhum tipo de mérito do Corinthians, é um grande time. Mas o fato é que isso nos entristece – concluiu.
 
Fonte: Site oficial

8
A reconstrução do Complexo Esportivo de São Januário segue a todo vapor! Nos últimos anos, o trabalho de revitalização da casa do Vasco da Gama reformou e inaugurou espaços importantes para a realização de um trabalho grandioso em todas as atividades do clube. Mais um passo está sendo concretizado com a restauração da fachada e dos muros do entorno da Colina Histórica, além da entrega dos banheiros do setor social.
 
– Acabamos mais uma etapa deste processo que vem desde a posse do presidente Eurico Miranda. Estamos reconstruindo o clube como um todo, principalmente o patrimônio, que estava totalmente degradado pela última administração – disse o vice-presidente de Engenharia e Obras, André Luiz, que completou explicando o processo realizado.
 
– Para a alegria de todos os sócios e torcedores do Vasco, que têm como orgulho o Estádio de São Januário, que completou 90 anos, estamos finalizando a primeira parte da reforma de toda fachada histórica e tombada. Ela foi totalmente recuperada, restaurada e pintada. Agora estamos continuando todo o processo que é a pintura e reforma dos muros do entorno do Complexo Esportivo de São Januário. Além disso, já para o próximo jogo com torcida, os vascaínos terão mais um banheiro da social completamente reformado. Estamos entregando aos sócios do clube mais uma reforma com a troca de pisos, encanamento e instalações inteligentes com economia de água. Aos poucos estamos reconstruindo o patrimônio do clube e valorizando da maneira que deve ser – contou.

image

Reforma dos banheiros do setor social está sendo finalizada – Fotos: Paulo Fernandes/Vasco.com.br
 
O processo de revitalização já passou por espaços importantes, como o Ginásio, a Pousada do Almirante e o Parque Aquático, assim como as grandes construções do CAPRRES, do CAPRRES/Base, do CAPRRES Nutrição e a entrega do Campo Anexo. O vice-presidente de Engenharia e Obras, André Luiz, reafirmou o compromisso de seguir trabalhando para revitalizar e valorizar o patrimônio do clube.
 
– Quem tem visitado São Januário e acompanhado, pode perceber a transformação e reconstrução que ocorreu. Estamos também reformando os muros por dentro, não é só uma obra para mostrar uma estética exterior. Todo complexo está sendo restaurado e cuidado. É isso que deve ser feito, respeito e valorização do patrimônio. A reconstrução continua – concluiu.
 
Fonte: Site oficial

CASACA! NO RÁDIO

0
Ouça o programa Vasco Gigante que é transmitido às terças-feiras Ao Vivo a partir das 20:00 pela Metropolitana 1090AM. Segue a íntegra do 17/10/2017 com Sérgio...