Início Futebol - Categorias de Base Sub-11 supera retranca do Boavista e vence outra no Metropolitano

Sub-11 supera retranca do Boavista e vence outra no Metropolitano

A campanha cruzmaltina segue irretocável no Campeonato Metropolitano sub-11. Na manhã deste domingo (03/09), o pré-mirim mediu forças com o Boavista no Estádio Arthur Sendas, em São João do Meriti. Apesar de não ter conseguido vencer a retranca no primeiro tempo, o Cruzmaltino demonstrou eficiência na etapa final e venceu o adversário por 3 a 0. Os gols da vitória vascaína foram marcados por Paulo Roberto, Rayan Vitor e Nicollas.
 
O JOGO
 
Sabendo que enfrentaria a equipe de melhor desempenho na competição, o Boavista adotou uma postura defensiva desde o momento que a bola rolou. O Vasco, por sua vez, foi todo pressão. Logo no minuto de número um, Rayan lançou Kauã Velon e o viu finalizar para fora. Aos oito, outra grande chance Cruzmaltino, com Paulo Roberto. O camisa 9 parou no goleiro adversário.
 
image
Matheus Ferreira foi o capitão vascaíno contra o Boavista
O arqueiro do Boavista voltou a aparecer bem em outras duas investidas do Gigante da Colina. Aos 11, Rayan assustou em cobrança de falta. Algum tempo depois, aos 23, Matheus foi deixado na cara do gol por Rayan, mas não conseguiu vencer o camisa 1 do rival. O clube de Saquarema só criou uma chance ao longo da etapa inicial. A finalização, porém, passou longe da meta defendida por Gabriel.

O panorama do jogo não mudou no segundo tempo. O Vasco da Gama seguiu atacando e, aos cinco minutos, teve sua boa atuação coroada com gol. Rayan Vitor cobrou escanteio e Paulo Roberto subiu mais alto que todo mundo para testar para o fundo das redes: VASCO 1 x 0. Pouco tempo depois, aos 12, Rayan Vitor arriscou da intermediária e acertou o ângulo esquerdo: VASCO 2 x 0.

image
Pedro Henrique ligado para fazer o desarme na etapa inicial

Em virtude da boa vantagem no placar, o treinador Eduardo Júnior promoveu mudanças na equipe e deu oportunidade para todos os jogadores relacionados para o confronto. No minuto final do duelo, o Cruzmaltino justificou sua força e balançou as redes mais uma vez. Na ocasião, Wiliver fez grande jogada individual pela esquerda e cruzou na medida para Nicollas, que não desperdiçou: VASCO 3 x 0.

 
Escalação do Vasco: Gabriel (Marco Antônio), Pedro Henrique (Louback), Anderson (Wanyson), Igor (Pedro Albuquerque) e Guilherme (Caio); Riquelme (Possidônio), Matheus Job (Nicollas) e Matheus Ferreira (Yago); Rayan Vítor (Kauan), Kauã Velon (João Pedro) e Paulo Roberto (Wiliver). Treinador: Eduardo Júnior.

image
Rayan (dir) faz a festa com os companheiros após marcar- Fotos: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br
 
Fonte: Site oficial

Sem comentários

Responder