Início Futebol - Categorias de Base É CAMPEÃO !

É CAMPEÃO !

É CAMPEÃO! Com o apoio da torcida, a equipe sub-20 enfrentou o Flamengo, neste domingo (02/07), em São Januário, pela final da Taça Rio. Soberano, o Vasco venceu o rival por 2 a 0 e levantou mais um título na categoria. Os gols foram marcados por Bruno Cosendey e Paulinho, ambos no primeiro tempo. 
 
Em virtude do regulamento, idêntico ao do profissional, o Gigante da Colina, que também se sagrou campeão da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca, agora terá a semifinal do Estadual pela frente. A partida será diante do Botafogo, no próximo fim de semana, novamente na Colina Histórica. Por ter feito uma campanha superior ao rival, o Cruzmaltino terá a vantagem do empate. 
 
O JOGO 

image
Cosendey e Alan festejam o primeiro gol cruzmaltino
O Clássico dos Milhões começou pegado em São Januário. Jogando em casa, o Vasco procurava impor o jogo. Trocando passes, o Cruzmaltino chegou ao ataque com 12 minutos. Robinho arriscou de fora da área e Gabriel defendeu. Na sequência, Paulo Vitor, pelo lado direito de ataque, chutou e o goleiro fez nova defesa. 
 
O Cruzmaltino atacava e, do outro lado, o Flamengo apenas se defendia. Com 19 minutos, o Gigante da Colina teve falta marcada na intermediária. Na cobrança, Bruno Cosendey abriu o placar na Colina Histórica: VASCO 1 x 0. 
 
O Vasco pressionava. Aos 23, mais uma grande chance. Andrey arriscou de fora da área, Gabriel espalmou e a zaga rubro-negra afastou o perigo. Quatro minutos depois a equipe vascaína chegou em boa troca de passe. Paulinho recebeu, girou e bateu no canto do gol: VASCO 2 x 0. 

image
Paulinho infernizou a defesa do Flamengo na Colina
Apesar do placar, o Gigante da Colina manteve a posse de bola. Aos 36, Robinho arriscou mais uma vez de fora da área e Gabriel defendeu. Com 41, Paulo Vitor avançou e chutou por cima do gol. 
 
No segundo tempo, o Flamengo procurou mais o ataque, mas esbarrava nas boas defesas de João Pedro. A primeira grande chance vascaína foi aos 16. Após lançamento, Paulo Vitor invadiu a área e chutou na rede pelo lado de fora. 
 
A equipe rubro-negra tentava impor uma pressão, mas o time vascaíno se defendia bem. Com 25, Paulinho arrancou, invadiu a área e chutou para a defesa de Gabriel. O Vasco deixava o tempo passar. Sem mais grandes chances, Cruzmaltino se sagrou campeão. 

Escalação do Vasco: João Pedro, Rafael França, Ulisses, Ricardo e Alan Cardoso; Andrey, Bruno Cosendey e Dudu (Luan); Robinho, Paulo Vitor e Paulinho (Cayo Tenório). Treinador: Marcus Alexandre.

image
Torcida marcou presença em grande número em São Januário

image
Paulinho puxa o “Trem-Bala” com Cosendey, Andrey e Alan

image
Jogadores puxam o “Casaca” após o apito final- Fotos: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

4 comentários

  1. O Vasco está sendo reconstruído depois da destruição imposta pelos anos MUV-Dinamite. Vai demorar até a gente voltar a ter nossa famosa selevasco como outrora. Futebol é trabalho dentro e fora de campo. 10 para administração Eurico.

  2. Muitíssimo errado esse regulamento da FERJ.
    Pode um time que não ganhou nenhum turno ir às finais e ser campeão?
    Foi isso que aconteceu no profissional.
    Dois turnos, campeão dos dois, é campeão.
    Mudar isso para 2018.

  3. PARABÉNS aos GAROTOS do nosso SUB-20 e a TUA IMENSA TORCIDA BEM FELIZ, que compareceram ao nosso MAGNÍFICO e MAJESTOSO CALDEIRÃO de SÃO JANUÁRIO e com a TUA ESTRELA na TERRA que ILUMINA o MAR.

    E em um Domingo atípico para os VASCAÍNOS em um dia muito Feliz FRIO no RIO é que seja um bom PRENÚNCIO do jogo deste SÁBADO dentro do nosso CALDEIRÃO!

Responder