Início Imprensa “Isenção” Global

“Isenção” Global

16

 

RIO – Pelo menos duas pessoas já foram presas durante uma operação da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) para desarticular quadrilhas formadas por integrantes das principais torcidas organizadas do Rio. De acordo com a delegada titular da unidade, Daniela Terra, o objetivo da operação é prevenir crimes cometidos por maus torcedores nos estádios. Ainda segundo a delegada, há informações de inteligência de que torcedores de outros times se infiltram em torcidas de outras agremiações para provocar brigas com torcedores rivais.

– A operação é conjunta com o Juizado do Torcedor para apreender materiais que possam ser usados para fins de violência entre as torcidas. E não é realizada só nas sedes das torcidas dos jogos que serão realizados hoje, mas em todas as torcidas organizadas. Por que nós temos a informação de que mesmo torcedores dos times que não estão jogando hoje se reúnem e se infiltram na torcida para fins de violência – afirmou a delegada:

– A Força Hovem e a Tov (Torcida Organizada do Vasco), que estavam aqui na sede do Vasco, foram desativadas. Infelizmente, o que a gente está vendo por aí e quer prevenir é gente querendo confusão. A gente quer garantir o direito de ir e vir do cidadão de bem, do torcedor de bem vai para os estádios com a sua família para que possam curtir o futebol sem ter medo de ir nesses locais e serem surpreendidos por brigas e até mesmo e até mesmo serem vítimas.

Na ação, que começou no início da manhã deste domingo, Thiago de Oliveira Ramos, de 33 anos, integrante da torcida Jovem Fla, foi preso em São Gonçalo, acusado da morte de Diego Martins Leal, assassinado durante uma briga entre torcedores. Além dele, Thiago Alves de Souza Aprigio, de 21 anos, foi preso em Mesquita, na Baixada Fluminense, também por homicídio cometido em julho de 2015. Ele é integrante da torcida Young flu. Porretes e uma pequena quantidade de maconha foram apreendidos na sede da torcida Young Flu, no Méier.

A polícia também cumpriu o mandado de busca e apreensão na casa de Alan Mello de Oliveira, o Hamburgão, que ficou preso durante oito meses em Japeri acusado de homicídio envolvendo torcidas organizadas. Na casa dele foi apreendido um computador. No dia 1º de novembro de 2015, integrantes da torcida Young Flu atacaram um grupo de torcedores do Vasco da Gama na estação de Mesquita. Na ocasião Felipe de Souza Moreira morreu e algumas pessoas ficaram feridas.Em 17 de março de 2016, foi realizada a operação Querido Pavilhão, quando Hamburgão foi preso em cumprimento ao mandado de prisão expedido pela 4ª Vara Criminal de Nova Iguaçu.

Os policiais cumprem cinco mandados de prisão e 14 de apreensão. Entre os locais onde estão sendo realizadas as buscas estão as sedes do clube Vasco da Gama, em São Januário; e da torcida Young Flu, no Méier.

Fonte: O Globo

****

Nota do CASACA:

Difícil entender a correlação entre a matéria e a foto que a ilustra.

Na matéria, é informado que na sede de São Januário não há salas para a TOV e para a Força Jovem. Na mesma matéria, são reportadas detenções de torcedores de Flamengo e Fluminense.

Resta ao Globo explicar para o respeitável público qual o motivo de reproduzir a foto da entrada da sede Vasco em reportagem policial na qual o Vasco não está envolvido. 

Um chute: deve ser porque no Globo, segundo seu dirigente máximo Marinho Neto, há liberdade de imprensa e nada, absolutamente nada, é direcionado. 

CASACA!

Relacionados

9

16 comentários

  1. Amigos vascaínos, eu sonho com o dia que nossa torcida seguir o meu exemplo: não assisto a TV Globo, não compro o jornal O Globo, nem Meia-Hora e nem o Extra.

    • Simples assim.

      Imaginem esse dia, quando MILHÕES DE VASCAÍNOS entenderem essa simples equação.

      Simples assim.

      Somos dois, amigo.

  2. São useiros e vezeiros em manchetes e fotos que não combinam com o conteúdo a fim de que a massa faça associações erradas e chegue a conclusões desejadas pelo veículo. É o jornalismo de guerra. Assim fazem no futebol, na política e até no que diz respeito aos interesses nacionais. É um lixo.

  3. Acho também que é ordem do “Neto deles”, mesmo. Negócio de procurar bandidos o local menos perigoso para os fotógrafos e repórteres deles é a sede vascaína.

    Gávea, Laranjeiras não vão. Perigoso demais.

    Mas, como o Vasco é perseguido pela Flapress!! Aliás, não esquecer que os jornalistas esportivos são em última análise os que mais incitam a violência dos torcedores pelas mentiras e pelos deboches cretinos com clubes de grande número de torcedores estimulando agressividade latente neles.

    A honestidade e o não uso da mentira os acalmaria.

  4. Gostaria de saber o que os policiais foram procurar em SJ? Porque só na nossa sede? A juíza podia dizer a razão dessas buscas.

  5. “A manipulação da mídia pode causar mais danos que a bomba atômica. E deixar cicatrizes no cérebro.”
    (Noam Chomsky)

  6. Racismo! Preconceito! Só porque era um negro vascaíno no portão de São Januário estão concluindo o quê, canalhas.

  7. Essa é a Globo meus amigos do Casaca e isso se reflete em tudo que ela noticia. Alguém precisa ter coragem de enfrentá-la na política assim como Eurico faz no futebol, para quem sabe assim, tirar um pouco dessa força maldita que esse conglomerado tem.

  8. É MUITA INjustiça e ARBITRÁRIA esses MANDATOS e nisso aí tem o dedo sujo da The Globe, esse dedo sujo que eles ADORAM nos APONTAREM !!!!

    E quem diria?

    A The Globe, que em 1978, começaram com a MAIOR MENTIRA com a invenção e a todo o CUSTO transformar essa INverdade da MAIOR TORCIDA do ¨BRAZIL¨, e tudo começou na sala do Otto Lara Resende, lançando o diretor Walter Clark na Chapa Frente Ampla do Flamengo encabeçado do Márcio Baroukel Braga como o seu Vice-Presidente do clube na qual o elegeram para ser o Presidente do ¨Mais Queridinho¨ da Mídia e do ROUBADO é MAIS GOSTOSO, e para alavancarem o seu produto vermelho e preto cores do pavilhão Nazista, e chamaram também o panamenho Homero Icaza Sanches pra ser o encarregado de divulgar e priorizar tudo que representavam o mulambada como por exemplo, dar enfase ao GELINHO do QUINTINO que foi abatido em 1982 no Estádio de Sarriá por uma 20 CALIBRE ROSSI sem falar de sua apagada passagem em 1978 na Copa da Argentina, 1986, na qual bateu mal o seu penalti nos tempo normal, e foi eliminado pelos ¨LE BELEUS¨ que por ironia tem o seu escudo um GALO como o SÍMBOLO e o ORGULHO desse País ( em 1998, tomou um BAILE dos FRANCESES por 3 x0 lá no Estádio de Saint Dennis) em 1982, o CULPADO e CRUCIFICADO foi o jogador TONINHO CEREZO como foi em 1950 com o nosso INESQUECÍVEL GOLEIRO BARBOSA do EXPRESSO da VITÓRIA) e em 2014 com os 7 x 1 que o mulambo Júlio César tomou e que até hoje eles está mais zonzo que uma barata tonta pelo inseticida SPB que é terrível contra os insetos.

    Voltando o meu raciocínio: Em 1978, ficou encarregado na tarefa da divulgação pra maximizar tudo que é vermelho e preto, o panamenho Homero Icaza Sanches (Chefe de pesquisas da Venus Platinada conhecido como o Bruxo), e Carlinhos Niemeyer (Empresário do Canal 100 Jornal Cinematográfico Esportivo sobre o Futebol e depois que o milésimo eleitor de 87 anos deu o seu voto e assim garantindo a vitória deles comemoraram abrindo um Champanhe lá no Morro da Viúva e essa comemoração varou até a madrugada em uma churrascaria na Zona Sul.

    E no dia 12 de Novembro de 2007 em um debate Histórico entre o Presidente do Sport Club do Recife HOMERO LACERDA, colocou no BOLSO o Márcio Braga Presidente do Flamengo ao declarar que o Sport Club do Recife é o LEGÍTIMO CAMPEÃO BRASILEIRO de 1987, porque enfrentou e venceu os 16 CLUBES do MÓDULO AMARELO e chegou as FINAIS COM TODA A JUSTIÇA com o Guarani Futebol Clube de Campinas que era o Vice-Campeão Brasileiro de 1986 e os dois clubes foram os REPRESENTANTES brasileiros e que a TAÇA das BOLINHAS E´de TODO O POVO PERNAMBUCANO, e saiu desse DEBATE OVACIONADO e APLAUDIDO pela PLATÉIA PAULISTA.

    MAS ESSE é o MODUS OPERANDO do ROUBADO é MAIS GOSTOSO, que sempre ganham as competições na MÃO GRANDE do mesmo jeito que COM A generosa colaboração DO sr. José Assis Aragão em 1980 na segunda partida contra o Atlético Mineiro expulsou o REINALDO, CHICÃO e o PALHINHA e em 1981, o Sr. JOSÉ ROBERTO WRIGTH ( OUTRO JOSÉ? ¨ ESTÁ é uma OBRA de FICÇÃO, QUALQUER SEMELHANÇA com NOMES, PESSOAS, FATOS ou SITUAÇÕES da VIDA REAL terá sido MERA COINCIDENCIA.) NO ano seguinte OPEROU SEM ANESTESIA o TIME do ATLÉTICO MINEIRO ao expulsar NADA MENOS do que 5 JOGADORES, MAIS O TÉCNICO CARLOS ALBERTO SILVA [ REINALDO, PALHINHA, ÉDER, JOÃO LEITE e o TONINHO CEREZO], e em 1986 com as PAPELETAS AMARELAS com a Arbitragem do Juiz Roberto Costa nas duas partidas decisivas pró-mulambada.

  9. “paulo senior
    07 de maio at 19:37
    Só falta agora, por exemplo, inventar que o Flamengo venceu invicto o campeonato. FDPs.”

    Ja inventaram, capa do Extra de hoje.
    E pode escrever que vão continuar com a mentira de 87 nos jornais globais.

    SV,
    Marcos

Responder