Início Futebol - Categorias de Base Sub-20 empata com o Tigres e segue líder no Carioca

Sub-20 empata com o Tigres e segue líder no Carioca

 
Dois dias depois de desembarcar no Rio com a classificação para a segunda fase da Copa do Brasil na bagagem, o sub-20 do Vasco da Gama retornou aos gramados. No Estádio De Los Larios, em Duque de Caxias, o Cruzmaltino encarou o Tigres. Na briga por uma vaga na semifinal, o time de Xerém abriu o marcador, mas não conseguiu segurar o ímpeto vascaíno no segundo tempo. Mateus Vital balançou as redes e fez o duelo terminar empatado em 1 a 1.
O JOGO
O Tigres jogava em seus domínios e contava com o apoio de sua torcida, mas foi o Vasco que criou a primeira oportunidade. Logo aos três minutos, Alan Cardoso arriscou de longe e levou perigo. O time da casa respondeu aos 14 minutos, em rápido contra-ataque, e só não abriu o marcador devido a uma grande defesa de João Pedro. Aos 19, quase gol cruzmaltino. Andrey cobrou falta e viu a bola beijar as duas traves antes de ser afastada pela defesa.

image
Dudu puxa jogada de ataque do Gigante da Colina
A equipe de São Januário continuou pressionando, mas só voltou a assustar aos 25 minutos, quando Dudu enfiou a bola em profundidade e Paulo Vitor chutou no lado de fora da rede. Quando todos acreditavam que o gol cruzmaltino estava próximo de sair, o Tigres abriu o placar. O tento foi anotado aos 27, pelo lateral Bruno, após cruzamento da esquerda: Tigres 1 x 0. Em desvantagem, o Gigante foi para cima, mas pouco conseguiu criar no primeiro tempo.

Na etapa final, o treinador Marcus Alexandre promoveu a entrada de Pedro Bezerra no lugar de João Vitor. Logo em sua primeira jogada, o atacante apareceu bem na pequena área e só não deixou sua marca em virtude de um corte providencial da defesa. A equipe vascaína passou a mandar na partida. Aos 15, Andrey deixou Robinho na cara do gol e ele não obteve êxito na tentativa de encobrir o goleiro Diego. 

image
Alan Cardoso protege a bola do zagueiro rival
O Tigres seguiu perigoso nos contra-ataques, mas o sistema defensivo contava com Ricardo, que foi soberano na maioria dos lances de perigo criados pelo rival. Seguro lá atrás, o Vasco foi em busca do gol. Aos 22, Mateus Vital fez a bola tirar tinta do ângulo direito de Diego em cobrança de falta. Seis minutos depois, aos 28, Robinho escapou pela esquerda e serviu o camisa 10. Após duas tentativas, Mateus Vital empatou o duelo: VASCO 1 x  1.

O Gigante da Colina buscou a virada de todas as formas nos derradeiros momentos do jogo. O adversário, por sua vez, colocou seus jogadores atrás da linha do meio-campo e se defendeu como pôde, principalmente após ter dois atletas expulsos na reta final da partida.  A principal oportunidade cruzmaltina saiu dos pés de Andrey. O volante acertou o travessão em cobrança de falta aos 45 minutos.

 
Escalação do Vasco: João Pedro, Cayo Tenório, Mayck, Ricardo e Alan Cardoso; João Victor (Pedro Bezerra), Andrey, Dudu e Mateus Vital; Robinho (Moresche) e Paulo Vitor. Treinador: Marcus Alexandre.

image
Andrey acertou o travessão no finalzinho do jogo- Fotos: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br
 
Fonte: Site CRVG

1 comentário

  1. Com a mudança do treinador percebemos melhora nos juniores! Parabéns pela campanha! Acho que quando o Milton não aproveitar os meninos no profissional, poderiam atuar nos juniores para não perderem o ritmo de jogo! Como Caio monteiro e Evander.

Responder