Início Futebol - Categorias de Base Artilheiro brilha em seu retorno e comanda vitória do sub-20 sobre o...

Artilheiro brilha em seu retorno e comanda vitória do sub-20 sobre o Bonsucesso

Moresche, Hugo e Luan comemoram segundo gol- Fotos: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

Debaixo de muito sol, o Vasco da Gama enfrentou o Bonsucesso na manhã deste sábado (04/03), no  Estádio Marrentão, em Duque de Caxias, pela Taça Guanabara. Com a volta do zagueiro Ricardo e do atacante Hugo Borges, que estavam lesionados, a equipe sub-20 venceu pelo placar de 3 a 0. Os gols da partida foram marcados pelo centroavante e o meia Dudu.

 
O JOGO
O Vasco começou a partida pressionando o Bonsucesso. Apesar do gramado ruim, a equipe cruzmaltina buscava armar as jogadas de ataque. Logo no início, após cobrança de falta, Ricardo cabeceou, mas a bola passou rente a trave direita do goleiro. 

image
Ricardo teve uma atuação segura diante do Bonsucesso
 
Aos oito minutos, o Almirante chegou mais uma vez. Dudu lançou a bola para Hugo Borges, que, com calma, tocou por cima na saída do goleiro: VASCO 1 x 0. Atrás no placar, o Rubro-Anil buscou colocar seu jogo em prática e, após bola em profundidade, João saiu bem do gol para fazer a defesa.
 
Com pouco mais de 30 no cronômetro, o Vasco teve mais uma oportunidade. Luan cobrou a falta direto para o gol, mas o arqueiro adversário mandou para escanteio. Sem mais chances, o Cruzmaltino foi para o vestiário na frente do placar.

image
Cayo Tenório tenta se livrar da marcação adversária

Os 45 minutos finais foram de domínio vascaíno. Logo aos quatro minutos, Hugo Borges teve mais uma grande oportunidade. Após troca de passes, Cayo Tenório recebeu pela lateral direita e cruzou para o atacante, que sozinho cabeceou por cima.

Com 17 minutos, Luan cruzou e, novamente, Hugo Borges subiu mais alto que os demais e cabeceou para o gol: VASCO 2 x 0.. Caminhando para o apito final, mais precisamente aos 36, o Almirante pôde balançar a rede mais uma vez. Após troca de passes, Hugo Borges, na entrada da área, deixou Dudu, cara a cara com o goleiro, e o meia só precisou completar para o gol: VASCO 3 x 0.
Escalação co Vasco: João Pedro, Cayo Tenório, Mayck, Ricardo e Luan; Rafael França, Bruno Cosendey (Luiz Henrique), Dudu e Moresche (Pedro Bezerra); Vagner (Robinho) e Hugo Borges. Treinador: Marcus Alexandre.

image
Dudu foi um dos destaques no Marrentão- Fotos: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

Texto: Larissa Ramos

Fonte: site CRVG

2 comentários

  1. Paulo Salles uma vez um americano me pegou , como poderiam surgir craques no futebol americano , entao eu respondi:
    1- Por voces terem um PIB de 18 trilhoes de dolares , o que nao falta e dinheiro neste pais correto? ele disse sim.
    2- Logo o que ocorre as criancas , como os jovens ja comecam jogando futebol em um gramado parecido com o do Barcelona, ou mesmo o de Sao Januario ultimamente. Chuteiras de primeiro escalacao e todos os recursos que o futebol americano pode proporcionar.
    3- Com isto esses jovens nao tem as adversidades que o jovem brasileiro encontra quando comecam a querer jogar futebol.
    4- Logo segue minha sugestao para encontrar os futuros craques americanos:
    Antes de colocar uma chuteira da Nike nos pes dessas criancas , e ja querer colocar taticas e tecnicas neles, tenham um campo de futebol em seu primeiro estagio sem grama , com alguns buracos e algumas pedras. Deixem eles jogarem sem chuteiras , basicamente descalcos. Com isto terao que evitar os obstaculos para passar uma bola, chutar a gol , ou mesmo correr com a bola dominada. Terao que evitar as pedras mesmo que pequenas na hora de chutar a gol etc.Deixem a mulecada brincar , jogar a pelada tradicional.
    5- Passado este estagio ai sim voce coloca uma chuteira da Nike , campos gramados etc, Este jogadores estarao preparados para aprender as taticas e tecnicas de um time de futebol.
    Portanto nao me surpreende ver um campo de futebol em que aparece na foto. Este e um dos fatores para surgirem tantos craques no futebol brasileiro. E a palavra e a adversidades que esses neninos enfrentam ao iniciar o jogo de futebol.

Responder