Início Futebol Vasco é derrotado pelo Volta Redonda na Taça Guanabara

Vasco é derrotado pelo Volta Redonda na Taça Guanabara

0
Gilberto arrisca chute no primeiro tempo- Fotos: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Atual campeão da Taça Guanabara, o Gigante da Colina não conseguiu garantir com uma rodada de antecedência sua classificação para a semifinal da atual edição do primeiro turno do Campeonato Carioca. Jogando no Estádio Raulino de Oliveira, no Sul Fluminense, o Cruzmaltino perdeu para o Volta Redonda por 1 a 0. O gol dos donos da casa foi marcado pelo atacante David Batista, logo no começo da partida.

Mais do que vivo na briga pelo título, o Almirante retorna aos gramados no próximo sábado (18), às 16h30, para enfrentar a Portuguesa da Ilha do Governador. Válida pela última rodada da fase de grupos da Taça Guanabara, a partida será disputada no Estádio de São Januário e marcará o reencontro entre os clubes de forte relação com Portugal. O Vasco não enfrenta a Lusa Carioca numa partida do Campeonato Carioca desde a temporada de 2006.

O JOGO

image
Nenê é marcado de perto por defensores do Volta Redonda

Atuando dentro de seus domínios, o Volta Redonda tomou a iniciativa nos primeiros minutos e não demorou muito para abrir o placar. Logo aos dois minutos, Diego Souza cobrou falta e David desviou para o fundo das redes: Volta Redonda 1 x 0. Bem postado em campo, o Voltaço quase ampliou sua vantagem aos nove, quando Diego Souza chutou cruzado e assustou Martín Silva. O Vasco da Gama se lançou ao ataque e desperdiçou duas boas oportunidades. Aos 16, Nenê obrigou Douglas a fazer uma grande defesa através de uma bola parada. Na sequência, após jogada aérea, a bola sobrou para Guilherme e ele finalizou por cima.

O Gigante da Colina cresceu no duelo após a parada técnica e passou a mandar no jogo. Aos 31, Nenê cobrou falta e Luan desviou para fora. No lance seguinte, Guilherme limpou a marcação e mandou uma bomba da entrada da grande área. O camisa 8 só não empatou a partida devido a mais uma grande intervenção de Douglas. Capitão cruzmaltino, Rodrigo foi mais um a levar perigo, dessa vez aos 35. Na ocasião, o camisa 3 cobrou falta de longe e viu a bola tirar tinta da trave. Três minutos depois, Guilherme aplicou um lindo drible em seu marcador e parou novamente no camisa 1 do rival. Douglas apareceu outra vez aos 41 para evitar gol de Gilberto, que no rebote ainda acertou a trave.

image
Guilherme criou boas oportunidades no Raulino de Oliveira

A etapa final começou movimentada, com boas chances para ambos os lados. Quem chegou primeiro foi o Vasco, com Kelvin. O camisa 11 recebeu de Muriqui e finalizou cruzado com bastante perigo. O Voltaço respondeu na sequência e por pouco não ampliou o marcador em duas jogadas. Na primeira, Pipico parou em Martín Silva. Na segunda, após cobrança de escanteio de Diego Souza, Marcelo cabeceou por cima. Apesar de manter a posse de bola, o Cruzmaltino só voltou a assustar aos 23, quando Wagner arriscou da entrada da grande área para defesa de Douglas. O Gigante seguiu atacando, em especial com Nenê e Guilherme, mas não conseguiu impedir o resultado adverso.

FICHA TÉCNICA – VOLTA REDONDA 1 X 0 VASCO DA GAMA

 
Competição: Campeonato Carioca- Taça Guanabara- 4ª rodada
Local: Estádio Raulino de Oliveira, Volta Redonda (RJ)
Data: 12 de fevereiro de 2017
Horário: 19h30 (Horário de Brasília)
Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro (RJ)
Assistentes: Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ) e Márcio Moreira de Queiroz (RJ)
Cartões amarelos: Jean e Gilberto (Vasco); Diego Souza e Cristiano (Volta Redonda)
Gol: Diego Souza (02’/1T)
Público: 7.398 (presente) e 6.498 (pagantes)
Renda: R$ 167.370,00
 
VOLTA REDONDA: Douglas, Henrique, Luan, Felipe e Cristiano; João, Luiz Gustavo (Higor Leite), Marcelo e Diego Souza; Pipico (Octávio) e David (Diogo). Técnico: Cairo Lima
 
VASCO DA GAMA: Martín Silva, Gilberto, Luan, Rodrigo e Alan (Escudero); Jean, Bruno Gallo (Wagner), Guilherme Costa e Nenê; Kelvin e Muriqui (Éderson). Técnico: Cristóvão Borges.

image
Kelvin infernizou a defesa do Volta Redonda- Fotos: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Texto: Carlos Gregório Júnior

Fonte: Site CRVG